Complexo do Itabira

O Pico do Itabira – conquistado em 1947 – é uma enorme agulha de granito, considerada a montanha símbolo da escalada no ES. É circundado por outras grandes paredes, que formam o Complexo do Itabira. Este é o mais importante point de escaladas tradicionais do estado.

O Pico do Itabira, que em tupi-guarani significa Pedra Empinada, é um imponente pontão em forma de um dedo indicador. Possui três vias, todas escaladas de grande porte: a clássica “Sílvio Mendes” (1947), “Chaminé Cachoeiro” (1960) em um belo conjunto de fendas e chaminés, e a “Face Nordeste” (1999), uma escalada de Big Wall. Além do Itabira, o local conta com outras grandes paredes rochosas aos seus arredores, e por isso passou a se chamar ‘Conglomerado do Itabira’, concentrando um dos maiores números de vias longas do Estado do Espírito Santo. E é neste belo cenário  que te levamos para desfrutar de ótimas escaladas, no mais puro estilo tradicional.

As menores vias tem 100 metros, e as maiores com até 400 metros de extensão. São escaladas predominantemente em aderência, e alguns trechos em agarras. As mais clássicas são: “25 de Dezembro 3ºIV 200m”, “Patrick  4ºV+ 120m”, “Macaco 5ºVI+ 400m” e “Lagarto 5ºVI(A1/VIIc) 300m”. É um local ideal para se passar o final de semana, acampado na base do conjunto e realizando belas escaladas.

Entre em  contato conosco e marque sua escalada. Para obter maiores informações preencha o formulário abaixo:

Voltar

Deixe um comentário