Três Pontões

Um conjunto de agulhas verticais formam este imponente complexo rochoso. A rota mais freqüentada fica na Agulha do Dedinho – que chama muita atenção pelo seu formato -, com uma escalada fantástica pela via “Inferno na Torre 4ºV+ A0”, à centenas de metros de altura.

A conquista dos Três Pontões data de 1958, e foi realizada por uma difícil chaminé de cinqüenta metros. A segunda via conquistada nesta montanha, a “Chaminé Afonso Cláudio”, de 1970, é um conjunto de fendas e chaminés situadas na face norte, que foi conquistada sem nenhum grampo.

Na sua agulha mais da direita – para quem o olha de frente – esta a via “Inferno na Torre” conquistada em 1995, e localizada no Pontão do Dedinho. Esta agulha tem um formato muito curioso. Por ter a base mais estreita do que o cume, dá a impressão que pode tombar a qualquer momento. Para acessá-la é feito um percurso por detrás do conjunto, por costões, uma escalada em chaminé e mais alguns lances entre aderência e escalaminhada.

A base do Dedinho já é bem alta, e a via inicia transcorre pela parte mais íngrime do paredão. Apesar da via ser relativamente curta (80m), do local que inicia fica bem alto, a centenas de metros, o que dá uma dose de emoção extra. A primeira enfiada é em artificial A0, e depois passa por lances em livre de 4º e 6º, com um pequeno trecho em móvel no final. O cume é pequeno e tem um livro, para você deixar suas impressões sobre a escalada. Uma escaladas bem legal e emocionante.

Este conjunto fica localizado em Afonso Claudio, à 140km de Vitória. Para realizar esta escalada (que existe logística e planejamento) é aconselhável reservar um dia e meio.

Entre em  contato conosco e marque sua escalada. Para obter maiores informações preencha o formulário abaixo:

Voltar

Deixe um comentário